Mídia

Parlendas: Você já ouviu falar neste estilo literário?

Quase certeza que você já ouviu falar e já recitou muita parlenda, viu? Inclusive nas brincadeiras com os amiguinhos quando criança. Olha esses dois exemplos:

“Batatinha quando nasce, espalha rama pelo chão. Menininha quando dorme, põe a mão no coração.”

“Dedo mindinho, seu vizinho, pai de todos, fura bolo e mata piolho.”

Você leu no ritmo, né? Esses são dois exemplos de parlendas, textos curtos e com temática infantil, que possuem um potencial enorme de contagiar todo mundo e ir passando de geração em geração, como uma verdadeira expressão da cultura popular brasileira.

A literatura oral, outra forma de se referir à parlenda, também ajuda na memorização de números, sequências, dias da semana e outros temas e brincadeiras, sendo uma ótima aliada do aprendizado das crianças. Ou seja, essa é mais uma forma dos pequenos aprenderem se divertindo, por meio de palavras arranjadas, construções fáceis e ritmo animado.

E querem uma dica de atividade? Crie parlendas com as crianças, escolham temas do dia a dia ou com objetos que vocês têm em casa.

Outra opção de se divertirem com esses textinhos, é o livro “Parlendas para brincar”, de Josca Ailine Baroukh e Lucila Silva de Almeira, com ilustrações de Camila Sampaio, que traz inúmeras leituras separadas por temas, como “para brincar”, “para brincar de escolher”, “para brincar de trava-línguas” e muito mais.

Fonte: Portal Lunetas

Doações

O Hospital de Amor (atual nome do Hospital de Câncer de Barretos) recebe pacientes de todos os estados do Brasil, oferecendo atendimento 100% gratuito. A instituição conta com profissionais altamente qualificados e realiza um importante trabalho para aumentar os índices de cura e sobrevida. Porém, nada disso seria possível sem o apoio dos diversos segmentos da sociedade, como pessoas físicas e empresas.

Parceiros

Conheça os parceiros do Instituto.